João Roma diz que não é a hora de falar sobre candidatura ao Governo do Estado

Ministro da Cidadania garante estar focado na ajuda às famílias atingidas pelas chuva e enchentes na Bahia

Por Osvaldo Lyra e Tiago Lemos
05/01/2022 às 16h34
  • Compartilhe
Foto: Reprodução / Instagram
Foto: Reprodução / Instagram

O ministro da Cidadania, João Roma, não quer falar sobre uma possível candidatura ao governo da Bahia enquanto trabalha para diminuir o sofrimento das vítimas das chuvas e enchentes no estado.

"Definitivamente não é o momento. Tenho repetido que esse não é o momento de verificar disputas eleitorais, partidárias ou ideológicas, é o momento de trabalharmos juntos em benefício das pesssoa que estão passando por muito sofrimento", explicou Roma durante sua participação na posse do novo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-BA), Marcos Presídio, nesta quarta-feira (5), em Salvador. 

Um dos enviados do presidente Jair Bolsonaro (PL) à Bahia para representar o governo federal no auxílio às famílias atingidas pela chuva, o chefe da Cidadania aproveitou a conversa com Osvaldo Lyra, editor-chefe do Portal M!, para fazer um agradecimento aos voluntários. "Estamos trabalhando para acolher todas as pessoas desabrigadas e fica o meu agradecimento a todos os voluntários, que têm sido decisivos nesse processo", disse.

Roma complementa: "Muitas vezes o trabalho de um vizinho, de um voluntário é que salva vidas. Nossa prioridade número um é acolher as pessoas para que as pessoas possam estar abrigadas e em condições enquanto trabalhamos para a construção com o objetivo de restabelecer a normalidade e retomar o desenvolvimento dessa região".