Conass se posiciona contra realização do Carnaval no Brasil em 2022

Grupo que reúne secretários estaduais de Saúde pelo teme que aglomerações gerem nova onda de covid-19

Por Redação
25/11/2021 às 11h45
  • Compartilhe
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) é contra a realização do Carnaval de 2022 no Brasil. O presidente da entidade, Carlos Lula, que é titular da pasta no Maranhão, foi enfático ao afirmar que, entre os membros do grupo, é unanime que a folia de Momo não deve acontecer pelo segundo ano seguido.

De acordo com ele, em entrevista à coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, ainda que o cenário da pandemia da Covid-19 esteja melhor que o de meses anteriores, há o temor de que as aglomerações gerem uma nova onda de contaminações.

Até o momento, ao menos 58 cidades paulistas já anunciaram o cancelamento dos festejos, entre elas São Luiz do Paraitinga, Franca e Ubatuba. Já em capitais como Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, a realização de eventos ainda é incerta e depende da evolução da pandemia.