Argentina congela preços de produtos de consumo por 90 dias

Os valores não sofrerão alterações até 7 de janeiro

Por Redação
14/10/2021 às 14h49
  • Compartilhe
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Na tentativa de controlar a inflação, a Argentina, governada por Alberto Fernández, decidiu congelar preços de 1.245 produtos de consumo em massa por 90 dias. A informação é do jornal Clarín.

A medida foi anunciada pelo secretário de Comércio, Roberto Feletti, a 40 empresários na manhã desta quinta (14) e antecede a divulgação da inflação de setembro na Argentina. 

Segundo o Clarín, a estimativa é que o resultado fique acima de 3%, após uma queda de 2,5% em agosto. Com a medida, os valores não sofrerão alterações até 7 de janeiro.