Nos 60 anos da Civil Construtora, Eduardo Valente destaca qualidade dos empreendimentos

"Eu dizia que minhas obras iriam durar 50 anos sem precisar reformar. Parece que iremos folgadamente aos 100", diz fundador do grupo

Por Leo Moreira e Osvaldo Lyra
05/10/2021 às 15h32
  • Compartilhe
Foto: Equipe Portal M!
Foto: Equipe Portal M!

A Civil Construtora comemora 60 anos desde que seu presidente Eduardo Valente anunciava a fundação da empresa. De lá para cá,foram muitas obras que ajudaram a formar e modelar o corpo de Salvador e outras cidades, a exemplo do Teatro Castro Alves e dos Arcos da Avenida Contorno.

Durante um almoço de comemoração do sexagésimo aniversário da empresa, que aconteceu nesta terça-feira (5), no restaurante Di Liana, Eduardo Valente bateu um papo com a equipe do Portal M! e falou um pouco dos desafios enfrentados durante esse período.

"Todo mundo procurar saber sobre os meus desafios. Sinceramente, eu já me esqueci, o que eu vejo é que os 60 anos de trabalho estão aí", brinca o engenheiro.

Ele aproveita para relembrar como tudo começou e até uma possível ameaça militar por causa do nome.

"Comecei aos vinte e poucos anos com a fundação da Civil Construtora. Era construtora Civil Industrial da Bahia. O nome era muito grande. Depois de uma pesquisa acharam que bastava Civil, e agora é o Grupo Civil.  Quando fizemos o lançamento desse nome era em plena revolução. Quando isso foi jogado no ar, os amigos ainda falaram: 'olha, você corre o risco de ser chamado pelos militares'. Eram os militares quem mandavam no país na época. A Civil atravessou até essa fase", mas nada aconteceu", conta o fundador do grupo.

Os 60 anos de existência, algo incomum para empresas do segmento, segundo o próprio Valente, foi algo que surpreendeu até a ele mesmo. "Eu dizia que minhas obras iriam durar 50 anos sem precisar reformar. E agora nós estamos vivendo 60 e parece que iremos folgadamente aos 100. Talvez eu não, mas a civil tem que leve muito bem", completou, se referindo ao vice-presidente Rafael Valente, anunciando a passagem de bastão.