Professores da rede privada mantêm decisão de não retomar aulas presenciais em Salvador após assembleia

Categoria também debateu em encontro virtual sobre a campanha salarial

Por Yuri Abreu
10/06/2021 às 12h58
  • Compartilhe
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Os professores da rede privada de todo o estado mantiveram a decisão de não retomar as aulas presenciais, na Bahia, devido ao cenário de pandemia que, na última quarta-feira (9), trouxe índices alarmantes, como os mais de 6.700 novos casos de covid-19 e 133 mortes, em um período de apenas 24 horas.

A deliberação foi tomada após assembleia, realizada ontem, de maneira virtual. Além disso, o Sindicato dos Professores do Estado da Bahia (Sinpro-BA), colocou em pauta a discussão sobre a Data-Base 2021 e a necessidade de reajuste salarial.

De acordo com a categoria, as perdas acumuladas pela inflação, medida pelo INPC/IBGE, somam 10,24% entre maio de 2019 e abril de 2021, tema que está pautado com o sindicato patronal desde dezembro de 2020.

A próxima assembleia do Sinpro-BA está marcada para o dia 5 de julho, às 16h.