Pesquisadores identificam nova possível variante do coronavírus

Descoberta aconteceu em Minas Gerais

Por Redação
08/04/2021 às 18h32
  • Compartilhe
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Pesquisadores do Laboratório de Biologia Integrativa da Universidade Federal de Minas Gerais encontraram uma possível nova variante do coronavírus Sars-CoV-2 em Minas Gerais, com mutações até então inéditas. A informação é do jornal Folha de S. Paulo. 

A nova forma encontrada contém 18 mutações distintas, duas delas na região da proteína S do Spike (ou espícula, usada pelo vírus para invadir as células), mas ela foi identificada em apenas dois genomas, o que não a torna, até o momento, uma nova linhagem.

A descoberta desta possível variante "P.4", como os cientistas a batizaram, contou também com a participação de pesquisadores do Laboratório Municipal de Referência de BH e tem colaboração do Grupo Hermes Pardini.

Os dados encontrados pelos pesquisadores foram compartilhados com o Ministério da Ciência e Tecnologia, com as secretarias municipais e estaduais de Saúde e com o Ministério da Saúde. 

No estudo, foram sequenciadas 85 amostras aleatórias do vírus da região metropolitana de Belo Horizonte, coletadas entre outubro de 2020 e 15 de março de 2021. A análise dos genomas revelou a predominância na região da variante brasileira P.2 (48,2%), seguida pela também brasileira P.1 (35,3%), a linhagem ancestral brasileira B.1.1.28 (9,4%) e a B.1.1.7, a variante inglesa (3,53%).