Advogados criticam posicionamento de André Mendonça em julgamento no STF sobre liberação de cultos e missas

O advogado-geral da União usou trechos bíblicos para embasar sua defesa da liberação das cerimônias 

Por Redação
08/04/2021 às 17h40
  • Compartilhe
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

A Associação das Advogadas e Advogados Públicos para a Democracia (APD) divulgou nota repudiando as falas do Advogado-Geral da União, André Mendonça, no julgamento sobre a liberação de cultos no Supremo Tribunal Federal (STF).

"Assistimos ontem, perplexos, ao Advogado-Geral da União defender, da tribuna do Supremo Tribunal Federal, a visão deste governo sobre os ensinamentos da Bíblia", diz a nota pública da entidade e divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo. 

No julgamento Mendonça usou trechos bíblicos para embasar sua defesa da liberação das cerimônias. Disse, entre outras coisas, que os cristãos "estão sempre dispostos a morrer para garantir a liberdade de religião".