STF retoma análise sobre liberação de cultos e missas em meio à pandemia

Apenas o relator, ministro Gilmar Mendes, proferiu o voto até agora. Ele foi contra a permissão da medida

Por Redação
08/04/2021 às 14h20
  • Compartilhe
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) volta a julgar, nesta quinta-feira (8), a possibilidade de liberação ou não da realização de cultos e missas presencialmente durante a pandemia da Covid-19. 

A liberação tem sido defendida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). O ministro Gilmar Mendes, relator do caso, foi o primeiro a votar, e se posicionou contra a possibilidade de liberação de cultos, missas e outras atividades religiosas, de forma presencial, em meio à pandemia.

A expectativa é de que a liberação terá maioria para ser vetada.