'Saúde' diz não ter seringas para vacinação de Covid-19 porque compras são feitas pelos estados

Ministério informou ao STF que estoque nas unidades da Federação é suficiente para começo da campanha

Por Redação
14/01/2021 às 09h36
  • Compartilhe
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde informou não ter seringas e agulhas para a campanha de vacinação contra a Covid-19. Segundo a pasta, o motivo é que a aquisição desses produtos é geralmente feita pelos estados.

As informações constam em documento enviado pelo órgão federal ao Supremo Tribunal Federal (STF). Nele, o Ministério aponta que as unidades da Federação têm um estoque de 80 milhões de unidades, o suficiente para começar a imunização.

Ainda assim, a pasta informou que está adquirindo seringas e agulhas para poder realizar toda a campanha. O documento é uma resposta a uma decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do STF, que havia determinado que o Ministério da Saúde comprovasse o estoque de seringas e agulhas para a vacinação contra a Covid-19.

*Com informações do jornal O Globo.