PCdoB se reúne virtualmente para exigir imediata vacinação contra a Covid-19

O encontro será às 17 horas, desta quinta-feira (14), e vai reivindicar um planejamento estratégico para a campanha de vacinação contra a Covid-19 na Bahia 

Por Redação
13/01/2021 às 17h10
  • Compartilhe
Foto: Divulgação/CMS
Foto: Divulgação/CMS

Como parte da campanha "Movimento Baiano em Defesa da Vacina no SUS", a militância do PCdoB deverá se reunir virtualmente às 17 horas, desta quinta-feira (14), para reivindicar um planejamento estratégico  para a campanha de vacinação contra a Covid-19 na Bahia. 

Liderada por centrais sindicais, sindicatos, e entidades do movimento social, o encontro também discutirá que a imunização deve priorizar a população de risco como profissionais de saúde, idosos, pessoas com doenças crônicas, professoras, entre outros, garantindo assim a igualdade no acesso e a imunidade coletiva.

Enfermeira por formação, professora da Uversidade Federal da Bahia (Ufba) e dirigente do Sindsaúde, a ex-vereadora Aladilce Souza destacou a necessidade de conter o avanço da doença por meio da vacinação em massa.

"Diante da situação crítica de caos sanitário que vivemos com a pandemia, aliada ao grande desemprego que cresce a cada dia, a luta por um plano nacional de vacinação contra a covid-19 é urgente, é prioridade para que a gente possa ter condições de retomar minimamente a normalidade da vida, reaquecer economia e lutar pra que a gente possa colocar o país nos trilhos novamente, inclusive lutar pelo fora Bolsonaro. Nós queremos vacinação já pelo SUS para todos."

Aladilce criticou a falta de planejamento do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que afirmou esta semana que a vacinação seria no "dia D e na hora H".

"O Brasil precisa urgentemente de um cronograma, uma estratégia de como vai ser a vacinação para evitar que mais mortes venham a ocorrer", concluiu.