Bolsonaro vai assinar MP que isenta Amapá de pagamento de energia por 30 dias

Presidente esteve no estado neste sábado para acompanhar crise energética

Por Redação
21/11/2020 às 22h00
  • Compartilhe
Foto: José Dias/PR
Foto: José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, neste sábado (21), durante inspeção de usinas termelétricas, no Amapá, que já consultou todos os órgãos responsáveis e que está prestes a assinar uma medida provisória para isentar o estado do pagamento de energia retroativo a 30 dias.

A afirmação foi feita durante entrevista coletiva. "Já ouvimos todos os órgãos responsáveis. Estamos na iminência de assinar uma medida provisória para garantir regras compensatórias a todos os prejudicados com a falta de energia. Estamos prontos para atender o estado do Amapá".

Na oportunidade, o chefe do Executivo nacional afirmou ainda que há discussões com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), sobre outras medidas emergenciais para contornar a crise de energia no estado. 

"Mesmo não sendo uma atribuição federal, nós mergulhamos - em especial pelo pedido do presidente do Senado, Davi Alcolumbre. Podemos dizer que estamos nos aproximando dos 100% [de suprimento de energia elétrica]. Brevemente chegaremos à plena suficiência", afirmou Bolsonaro.