BC interrompe série de cortes e mantém Selic em 2% ao ano

De julho de 2019 para cá, a taxa básica de juros da economia brasileira desabou 4,5 pontos percentuais, de 6,5% para R$ 2% ao ano, menor patamar da história

Por Redação
16/09/2020 às 20h00
  • Compartilhe
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Após reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o Banco Central (BC) decidiu nesta quarta-feira (16) manter a taxa básica de juros em 2% ao ano. O veredito unânime interrompe a série de nove quedas consecutivas ca Selic, iniciada em julho de 2019. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. 

No período de cortes, a taxa básica de juros da economia brasileira desabou 4,5 pontos percentuais, de 6,5% ao ano para R$ 2% ao ano, menor patamar da história.

No comunicado em que justifica a decisão, o Copom afirma que os indicadores apontam para uma recuperação da economia brasileira, apesar da manutenção do ambiente ruim nos setores mais afetados pelo distanciamento social.

"A incerteza sobre o ritmo de crescimento da economia permanece acima da usual, sobretudo para o período a partir do final deste ano, concomitantemente ao esperado arrefecimento dos efeitos dos auxílios emergenciais", avalia o grupo.

O Copom observa ainda que a inflação deve se elevar no curto prazo devido à "alta temporária nos preços dos alimentos e a normalização parcial do preço de alguns serviços em um contexto de recuperação dos índices de mobilidade e do nível de atividade". 

A manutenção da Selic em 2% ao ano já era aguardada pelo mercado financeiro. Agora, a aposta é de que a taxa básica deve permanecer no patamar atual pelo menos até o final do ano.

Para os próximos encontros, o Copom não descarta mudanças na taxa de juros, mas ressalta que a decisão vai depender do ritmo da inflação. "Eventuais ajustes futuros no atual grau de estímulo ocorreriam com gradualismo adicional e dependerão da percepção sobre a trajetória fiscal, assim como de novas informações que alterem a atual avaliação do Copom sobre a inflação", destaca o grupo.