Após quase 50 anos, Sony vai fechar fábrica no Brasil e deixará de vender eletrônicos no país

Demais operações do grupo, que envolvem games, soluções profissionais, música e cinema, continuam

Por Redação
15/09/2020 às 13h06
  • Compartilhe
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Sony anunciou que irá fechar, em março de 2021, a unidade de Manaus, no norte do país, e que não vai mais vender TVs, câmeras digitais e produtos de áudio em meados de 2021 aqui no Brasil. Há 48 anos no Brasil, a empresa afirmou que a decisão se deve ao recente ambiente do mercado e visa fortalecer a estrutura e a sustentabilidade de seus negócios para ter uma resposta mais rápida às mudanças no ambiente externo.

Ainda de acordo com a nota, divulgada na última segunda-feira (14), as demais operações do grupo, que envolvem games, soluções profissionais, música e cinema, continuam. O grupo também vai continuar com o suporte ao consumidor e irá manter a garantia dos produtos comercializados.

"Nós decidimos fechar a fábrica em Manaus ao final de março de 2021 e interromper, em meados de 2021, as vendas de produtos de consumo pela Sony Brasil, tais como TV, áudio e câmeras, considerando o ambiente recente de mercado e a tendência esperada para os negócios", diz a nota.

*Com informações do jornal Folha de S.Paulo.