Pular para o conteúdo
Início » Márcio Marinho propõe que Salvador seja reconhecida como Capital Nacional da Capoeira

Márcio Marinho propõe que Salvador seja reconhecida como Capital Nacional da Capoeira

Deputado Marinho propõe que Salvador seja reconhecida como Capital Nacional da Capoeira
Segundo o deputado, é uma maneira de honrar a tradição e a cultura afro-brasileira

O deputado federal Márcio Marinho (Republicanos-BA) protocolou na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 2589/2024, que sugere atribuir à cidade de Salvador, na Bahia, o título de Capital Nacional da Capoeira. De acordo com o projeto, a importância histórica e cultural da capoeira ressalta o papel crucial desempenhado por Salvador na preservação e promoção dessa arte brasileira, que vai além de uma simples prática esportiva, sendo um símbolo de resistência e identidade do povo brasileiro.

Para o proponente da medida, reconhecer Salvador como a Capital Nacional da Capoeira é uma forma de valorizar a herança africana presente em nossa sociedade e fomentar a inclusão e o respeito à diversidade cultural.

“A capital baiana é o berço da capoeira, tem uma ligação única com essa expressão cultural, que remonta aos tempos da escravidão e da luta pela liberdade. Atribuir-lhe o título de Capital Nacional da Capoeira é reconhecer sua trajetória e seu papel fundamental na disseminação e perpetuação dessa arte tão significativa para nossa história”, destaca o parlamentar.

Marinho destaca a importância do apoio dos demais parlamentares para a avaliação e aprovação do projeto de lei, visando promover e preservar a rica tradição brasileira. Ele justifica que conceder esse título pode estimular a prática da capoeira, atrair investimentos para o setor e contribuir para a geração de empregos e o fortalecimento da atividade.

“A capoeira ganhará ainda mais destaque e reconhecimento, reafirmando sua importância como patrimônio cultural do Brasil e destacando Salvador como um polo fundamental para a prática e difusão dessa arte tão singular”, conclui.

Leia também:

Márcio Marinho propõe a criação da Comenda Mário Jorge Lobo Zagallo

Reprodução/Douglas Gomes