Pular para o conteúdo
Início » Geraldo Jr alfineta Bruno Reis: ‘precisa estudar mais’ sobre Salvador

Geraldo Jr alfineta Bruno Reis: ‘precisa estudar mais’ sobre Salvador

Geraldo Jr alfineta Bruno Reis e diz que ‘prefeito precisa estudar mais’ sobre Salvador
Vice-governador e pré-candidato à Prefeitura participou da abertura do São João em Paripe na noite deste sábado

O vice-governador Geraldo Jr (MDB) voltou a alfinetar seu ex-aliado Bruno Reis (União Brasil), na noite deste sábado (22), e disse que o “prefeito precisa estudar mais um pouco a cidade do Salvador, estudar a Bahia”. O emedebista, que é pré-candidato a prefeito, participou da abertura do São João da Bahia em Paripe, no Subúrbio Ferroviário.

“Já fiquei no compromisso de encaminhar para o prefeito da cidade um briefing do que significa cozinhas solidárias e comunitárias. E o prefeito precisa estudar. O maior programa de encostas da Bahia é do governo do Estado. O maior programa de encostas do Brasil é do nosso Governo do Estado. Nós temos 119 encostas entregues, mais de dez encostas ainda em tramitação e vamos licitar mais seis. Enquanto eles pensam que colocar uma manta na cidade é o suficiente, nós fazemos encostas”, bradou durante coletiva de imprensa ao responder uma declaração do prefeito, pré-candidato à reeleição, que rebateu sua fala de que Salvador é cinza durante programa eleitoral do MDB – Bruno afirmou que cinza são apenas as encostas.

Ao lado de sua vice Fabya Reis (PT), Geraldo Jr afirmou que “desenvolvimento econômico, só se faz com justiça ambiental”. “Não há que se falar em desenvolvimento sem sustentabilidade. O que ele está querendo é enganar a sociedade, é falar que as encostas é o que representa o cinza. Salvador nasceu tão linda, tão bela e tão bonita e tão colorida. Salvador não combina com cinza. Eles pensam que Salvador era apenas verão, que é festa. Nós gostamos de festa, estamos aqui hoje, gostamos do verão. Mas o povo de Salvador é para sorrir em todas as estações. Eles querem dividir Salvador, mas não vão conseguir, porque Salvador é de todos nós”.

Ainda na coletiva, o vice-governador também criticou a extinção de algumas linhas de transporte na capital baiana. “Estivemos ali no Centro Histórico da cidade, na Baixa dos Sapateiros. Na Barroquinha, eles tiraram mais de 30 linhas de ônibus que ligava a nossa cidade, que ligava Paripe, Periperi, São Tomé de Paripe, Ilha Amarela. Eles tiraram essas linhas que ligavam à Barroquinha. Sabe o que está acontecendo no comércio lá? Eu queria convidar a imprensa e a sociedade, a maioria das lojas sendo vendidas, alugadas. E quando a loja estava aberta, não tinha cliente, não tinha funcionários. Acabou a geração de emprego e renda, a sociedade precisa acordar para isso. A riqueza não pode ficar concentrada na escolha da prefeitura municipal. Houve uma demissão em massa”, pontuou.

Transporte

O vice-governador acompanhou o show de João Gomes em Paripe e convidou as pessoas a prestigiarem o evento no Subúrbio. “Tenho intimidade com o Subúrbio, conheço profundamente essa região da cidade e me sinto em casa quando estou aqui. Com toda certeza, temos uma das festas mais animadas do Brasil aqui em Paripe”, elogiou Geraldo Jr após seguir para o Parque de Exposições.

Leia também:

Em sabatina, Bruno Reis aponta bons indicadores da gestão em Salvador

Jerônimo prestigia festejos juninos pelo interior do Estado até segunda-feira

Prefeita de Mucugê vai discutir pré-campanha à reeleição com Lídice

Divulgação