Pular para o conteúdo
Início » Prefeito inaugura primeira Academia Salvador ao ar livre no Dique do Tororó

Prefeito inaugura primeira Academia Salvador ao ar livre no Dique do Tororó

Prefeito inaugura primeira Academia Salvador ao ar livre no Dique do Tororó
Com educadores físicos e nutricionistas, equipamento funcionará de segunda a sábado, em horários programados e agendamento dos praticantes

Ponto de encontro para caminhada e corrida, o Dique do Tororó agora conta com a Academia Salvador – primeira ao ar livre gratuita da cidade. O equipamento, que funcionará com a orientação de educadores físicos, foi inaugurado, na manhã deste sábado (22), pelo prefeito Bruno Reis (União Brasil) e pelo secretário municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer, Júnior Magalhães.

A Academia Salvador visa incentivar e facilitar o acesso à prática de exercícios físicos, promovendo saúde e qualidade de vida à população. Equipados com aparelhos de musculação e dispondo da orientação de profissionais qualificados, inclusive nutricionista, a primeira academia ao ar livre da capital funcionará de segunda a sábado, em horários programados e mediante agendamento dos praticantes.

O espaço será palco ainda para a realização de atividades variadas, a exemplo de yoga, capoeira, zumba e boxe. A capacidade é para 2 mil pessoas, e o local terá monitoramento 24h da Guarda Civil Municipal (GCM).

“Isso é algo inédito na cidade. Vamos ter 20 Academias Salvador, a primeira sendo instalada aqui no Dique do Tororó, com 200 m² e que já entra em funcionamento hoje, e as demais espalhadas pela cidade, levando em consideração áreas onde as pessoas costumam realizar caminhadas e corridas no entorno. É uma academia com acompanhamento profissional e ao ar livre, com equipamentos que resistem ao sol e à chuva, semelhantes aos utilizados nas academias de Los Angeles (EUA). Com certeza será um case de sucesso de Salvador”, disse Bruno Reis.

O prefeito ainda que, no caso do Dique do Tororó, foram agregadas outras atividades, formando um grande parque esportivo ao ar livre, estimulando a prática de diversas outras atividades e fazendo com que os cidadãos tenham uma vida mais saudável. “Investir no esporte e na atividade física também é investir na saúde. A musculação, por exemplo, ajuda a inibir o Alzheimer, o diabetes, as doenças do coração e também o câncer. Além disso, o esporte é ferramenta de inclusão social, mostrando às crianças e jovens a importância do foco, da disciplina, da hierarquia e ajuda a afastá-las da criminalidade e das drogas”, avaliou.

Locais

A Prefeitura de Salvador planeja entregar 20 unidades semelhantes até o final de 2024, incentivando a prática de atividade física e o combate ao sedentarismo. Dentre as localidades contempladas estão Imbuí, Amaralina, São Tomé de Paripe, Vale das Pedrinhas, Ribeira, Itapuã, Cajazeiras X (Pronaica), Periperi (Praça da Revolução), Centenário (entrada do Calabar) e o conjunto Mané Dendê, no Subúrbio.

“Estamos muito entusiasmados em inaugurar a primeira Academia Salvador ao ar livre, pois acreditamos que essa iniciativa não apenas promove a saúde e o bem-estar da população, mas também serve como um espaço essencial para a inclusão social. Queremos oferecer oportunidades iguais para todos os cidadãos de Salvador, independentemente de sua condição socioeconômica, para que possam desfrutar dos benefícios da prática de atividades físicas em um ambiente acolhedor e acessível. Não é só uma estação de musculação, mas também de cidadania”, declarou o titular da Sempre.

Como participar

Para participar das aulas da Academia Salvador, os interessados deverão realizar o agendamento através do aplicativo Mude, disponível gratuitamente. As aulas, com duração de 50 minutos, têm capacidade pré-estabelecida de alunos.

A idade mínima para participar das aulas de musculação é de 15 anos. Os menores de 18 anos, além de se inscrever no aplicativo, também devem se inscrever presencialmente na Academia Salvador, acompanhado de um responsável – ambos devem apresentar um documento de identificação com foto. No caso dos maiores de 60 anos, é necessário apresentar atestado específico para a prática de exercícios de musculação.

No turno da manhã, é possível agendar o treino de segunda a sexta-feira, de 5h30 a 8h30, e nos turnos da tarde e da noite, das 17h às 20h. Aos sábados, as aulas estão disponíveis das 6h às 9h, e aos domingos, das 6h às 8h. Cada aluno pode agendar, no máximo, duas aulas por dia, desde que sejam de modalidades diferentes, e devem apresentar documento com foto para acesso ao espaço. A medida visa possibilitar que um número amplo de pessoas possa participar.

Expectativa

O coordenador de esportes da Sempre e técnico do projeto, Rafael Seara, explicou que as atividades serão ministradas por um profissional e um assistente estagiário em Educação Física. Cada horário terá 30 pessoas para musculação e 15 pessoas para as atividades coletivas. São 18 máquinas em inox, halteres de um 1kg a 18kg, estofado naval para maior resistência ao clima e articuladas, favorecendo bastante o idoso.

O professor de artes marciais André Miranda, 37 anos, campeão peso pesado Jungle Fight e Mr. Cage (2019/2020), é um dos instrutores da Academia Pública de Salvador e falou sobre a expectativa com o projeto. “Está a mil, e que venha trazer bons frutos a todos. Vamos tentar buscar melhorar a parte cognitiva, a autoestima e trazer outros benefícios para os participantes”, declarou.

Moradora de Itapuã, a salgadeira Tereza Santos, 55 anos, ficou bastante animada com o novo equipamento. “Estou achando esse espaço incrível, a Prefeitura pensou bem mesmo, pois as pessoas estão precisando fazer exercício físico e às vezes não consegue pagar uma academia. E encontrar essa estrutura ao ar livre é maravilhoso demais. Não faço atividade física, mas agora pretendo fazer, até porque o médico já me pediu”, disse.

Mais esporte

A Prefeitura de Salvador também tem investido em outras ações importantes para estímulo ao esporte e atividades físicas, dentro da Lei de Incentivo ao Esporte. Uma das iniciativas é o Bolsa Atleta, que concede auxílio mensal para que atletas possam aprimorar as condições de treinamento e desenvolvimento esportivo. Como alguns dos resultados, sete atletas vão ao Japão participar do Campeonato Mundial de Karatê e uma vai competir na Olimpíada de Paris na categoria BMX (bike).

Já o Ajuda de Custo é um apoio financeiro destinado a cobrir as despesas de atletas amadores e profissionais que representam Salvador em competições esportivas nacionais e internacionais. Além disso, a cidade também possui um Conselho Municipal de Esporte, o Viva Esporte – na qual empresas podem destinar impostos municipais para projeto e/ou construção de equipamentos esportivos. Outras iniciativas são a construção do novo ginásio poliesportivo Antônio Balbino, e a realização da Copa Interbairros, com 400 atletas de futebol, reedição da Copa Salvador de Futebol, além do lançamento do Calendário de Turismo Esportivo da cidade.

Leia também:

Salvador lança Calendário de Turismo Esportivo até abril de 2025

Com investimento de R$ 9,6 mi, prefeito diz que Bonocô será uma das avenidas mais bonitas de Salvador

Câmara aprova projeto da Prefeitura que prevê investimento anual de R$ 20 mi para o esporte e cria Bolsa Atleta

Valter Pontes/PMS