Pular para o conteúdo
Início » Morre líder espírita André Luiz Peixinho, aos 73 anos

Morre líder espírita André Luiz Peixinho, aos 73 anos

Federação destaca trajetória do médico baiano, dedicada à divulgação da doutrina

O médico, psicólogo, filósofo, professor e líder espírita André Luiz Peixinho morreu na tarde de sábado (30), aos 73 anos, em Salvador. Segundo as primeiras informações divulgadas, ele foi vítima de um infarto.  O sepultamento está marcado para 16h, no Cemitério Jardim da Saudade.

André Luiz Peixinho era natural de Serrinha, na região sisaleira da Bahia, e estava participando de uma live quando passou mal. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

A Federação Espírita do Estado da Bahia (FEEB) lamentou a morte do médico. Gestor, professor, palestrante, escritor, Peixinho teve uma caminhada dedicada à doutrina e ao movimento espírita, atuando pela unificação, como ex-presidente da FEEB, e como representante regional no Conselho Federativo Nacional da FEB. “Um legado de amor e trabalho na seara do bem, uma missão cumprida”, diz a nota.

“Sua presença marcava valiosa contribuição intelectual e reflexiva em torno dos ensinamentos de Jesus. Um Espírito à frente de seu tempo. Nos despedimos de sua presença material, que deixa uma lacuna, mas sabendo que o Espírito livre continuará a trabalhar na abençoada jornada espiritual”, diz outro trecho do comunicado.

Peixinho também era figura querida e respeitada na Medicina. Foi professor em diversas instituições de ensino da Bahia, entre elas a Ufba, a Escola Bahiana de Medicina e a Unime. Ele também atuou como psicólogo clínico e coordenador do Internato e Residência do Hospital Santo Antônio das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), além de ser responsável pela formação de gerações de profissionais de saúde na Bahia.

Peixinho se formou médico em 1975 pela Faculdade de Medicina da Bahia, da Universidade Federal da Bahia. Também na Ufba, se graduou em Psicologia e Filosofia, além de ter sido professor da instituição.

Marcações: