Pular para o conteúdo
Início » Esperança de medalha para o Brasil, Rebeca Andrade se diz pronta para a Olimpíada de Paris

Esperança de medalha para o Brasil, Rebeca Andrade se diz pronta para a Olimpíada de Paris

Rebeca Andrade
Ginasta se mostrou animada pouco antes de embarcar para sua terceira edição dos Jogos Olímpicos

Uma das maiores esperanças de medalha para o Brasil, Rebeca Andrade está pronta para a Olimpíada de Paris-2024. Confiante, a ginasta se mostrou animada pouco antes de embarcar para a França, onde a seleção brasileira da modalidade fará sua aclimatação na cidade de Troyes, a 160km de Paris, entre os dias 7 e 18 deste mês.

“Está tudo pronto, tem que estar tudo pronto, né? Se estiver faltando alguma coisa, eu ‘corto o meu pescoço'”, disse a ginasta, neste sábado (6), entre risos. “Estou muito animada, é uma sensação maravilhosa embarcar para os Jogos Olímpicos. É muito legal essa sensação. Estou mais animada ainda porque na última edição não fomos com a equipe e eu amo compartilhar os meus momentos com pessoas”.

“Estar com as pessoas enriquece tudo. Estou muito feliz em poder vivenciar tudo isso que está sendo feito para valorizar todos os esportes. Para que a gente possa crescer, ter cada vez mais visibilidade e que o esporte brasileiro continue sendo uma potência e a gente represente da melhor maneira”, afirmou a atleta, que vai disputar sua terceira edição dos Jogos Olímpicos.

Antes, porém, a preparação será encerrada em solo francês, com o processo de aclimatação à realidade local. “Vamos nos acostumar com o clima e com o horário. Vamos entrar num foco mais intenso porque no Brasil a gente treina, mas é um pouco diferente. Lá já estaremos praticamente no ambiente em que vamos competir. Vai estar somente a gente, nossa equipe. E a aparelhagem é muito boa”, comentou Rebeca, dona de duas medalhas olímpicas, uma de ouro e outra de prata, em Tóquio, em 2021.

Último ginasta da equipe nacional a confirmar sua vaga olímpica, Arthur Nory valorizou o evento realizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e pela Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) no embarque da equipe brasileira no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

“Estava muito ansioso hoje para a viagem. Chegando aqui que pude entender que é real. Estamos nos sentindo celebridades nesse embarque. Sempre imaginamos isso. É muito bacana e motivadora essa valorização dos atletas. O sentimento de representar e vestir essa camisa do Time Brasil em mais uma edição dos Jogos Olímpicos não têm como descrever. Estou preparado para tudo, para vencer, para disputar, e acima de tudo ir além de onde eu posso chegar. Foi uma classificação dura, em que eu ganhei muita casca para estar aqui”, disse o medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Com o embarque, a equipe de ginástica artística se tornou a primeira equipe brasileira a viajar rumo ao país que sediará a Olimpíada a partir do dia 26 deste mês.

“É uma grande alegria para o COB ter uma modalidade tão emblemática como a ginástica artística inaugurando os embarques do Time Brasil para os Jogos Olímpicos de Paris, com um voo direto para Paris. Já iniciamos nossa campanha em Paris-2024 da melhor maneira possível”, afirmou Rogério Sampaio, diretor-geral do COB.

Leia também:

Seleção de ginástica rítmica é convocada para Jogos Olímpicos de Paris

Brasil levará 20 toneladas de material para as Olimpíadas de Paris

Atleta soteropolitana garante vaga nas Olimpíadas de Paris

Instagram/@rebecarandrade