Pular para o conteúdo
Início » Baiano Robson Conceição vence americano e é campeão mundial de boxe

Baiano Robson Conceição vence americano e é campeão mundial de boxe

Robson Conceição
Dois jurados deram a vitória para o brasileiro, enquanto um viu o americano como melhor lutador

O baiano Robson Conceição conquistou o título mundial dos pesos superpenas (até 58,967 quilos) do Conselho Mundial de Boxe neste sábado (6), no Prudential Center, em Newark, Estados Unidos. Ele derrotou O’Shaquie Foster por pontos após 12 assaltos em uma decisão dividida. Dois jurados deram a vitória para o brasileiro (116-112 e 115-113), enquanto um viu o americano como melhor lutador (116-112).

O resultado gerou controvérsia na imprensa americana, que criticou a decisão e a considerou um “roubo”. Robson, de 35 anos, expressou sua felicidade após o combate, prometendo que cumpriu sua palavra.

“Estou muito feliz. Quando eu prometo, eu cumpro”, disse o baiano Robson, de 35 anos, dirigindo-se às suas filhas na Bahia. “Sou campeão do mundo. Eu ataquei mais e procurei mais a luta. Só não consegui conectar mais golpes porque ele se movimentou muito e não aceitou a troca de golpes”, disse o brasileiro ainda em cima do ringue.

Foster, de 30 anos, frustrado com o resultado, pediu uma revanche imediata: “Não sei nem o que dizer. Quero uma revanche imediata”, disse o americano, que acumula 22 vitórias (12 por nocaute) e agora três derrotas em sua carreira.

Robson, que agora soma 19 vitórias, duas derrotas e um empate, havia tentado o título mundial três vezes anteriormente, enfrentando desafios contra Oscar Valdez, Shakur Stevenson e Emanuel Navarrete nos anos anteriores.

Além de Robson, o Brasil tem uma história rica no boxe mundial, com nomes como Eder Jofre, Miguel de Oliveira, Acelino Popó Freitas, Valdemir Sertão Pereira e Patrick Teixeira como campeões mundiais. No boxe feminino, destaca-se Rose Volante e Beatriz Ferreira, atual campeã peso leve da Federação Internacional de Boxe, que se prepara para os Jogos Olímpicos de Paris.

Robson Conceição entra para a história como um dos poucos pugilistas a conquistar tanto um título mundial profissional quanto uma medalha de ouro olímpica, alcançada nos Jogos do Rio-2016, um feito inédito no boxe brasileiro.

Leia também:

Brasil perde do Uruguai nos pênaltis e é eliminado nas quartas da Copa América

Isaías Ribeiro vence e é tetracampeão brasileiro no boxe 

Divulgação