Pular para o conteúdo
Início » Antigo Othon Palace será reformado e dará lugar a complexo de luxo

Antigo Othon Palace será reformado e dará lugar a complexo de luxo

Moura Dubeux recebe licença ambiental e anuncia retrofit, preservando estrutura principal

Um dos mais tradicionais hotéis de Salvador, o Bahia Othon Palace, que fica na Avenida Oceânica, em Ondina, está com os dias contados, após mais de 40 anos de funcionamento. Nesta semana, a construtora Moura Dubeux recebeu a licença ambiental para realização das obras de um novo empreendimento que será construído no lugar do antigo prédio. Segundo informações da construtora, o espaço de 27 mil metros quadrados será reformado e passará a ter um uso misto.  

Em nota, a Moura Dubeux afirmou que a estrutura principal do prédio será mantida, sendo realizada um retrofit, ou seja, uma revitalização da fachada e da estrutura. Entretanto, os anexos, como a piscina, serão demolidos. Após as demolições e reformas, o local passa a funcionar com três finalidades, sendo elas: um centro comercial, um hotel e um condomínio residencial de luxo.  

Segundo nota da construtora, a torre principal se manterá como um hotel. “Uma grande parte do empreendimento estará voltada para hospedagem, o que contribuirá para o turismo da cidade”. A torre também servirá como ponto comercial contando com estúdios, quarto e sala, dois quartos, salas comerciais, lojas e restaurantes. Sobre o condomínio de luxo, a construtora não deu mais detalhes do projeto.  

O empreendimento também é figurinha carimbada no Carnaval de Salvador. Situado no circuito Dodô, o empreendimento comporta um grande camarote. Em nota, a organização do Camarote Band afirmam que o prédio Othon ainda permanecerá como sede do espaço no Carnaval de 2025. Entretanto, a assessoria da construtora não confirmou tal informação, nem se o evento continuará sendo realizado no local, nos próximos anos.  

O Bahia Othon Palace funcionou durante 43 anos em Salvador, sendo uma das primeiras estadias cinco estrelas da capital baiana. O hotel tinha 301 apartamentos e mais de 240 funcionários. O empreendimento fechou as portas em 2018 após a Rede de Hotéis Othon acumular dívidas trabalhistas e administrativas e não conseguir arcar com o pagamento. Para as dívidas serem pagas o terreno acabou indo a leilão, sendo arrematado pela construtora Moura Dubeux, por R$ 109 milhões, no fim de 2023.

Leia também:

Feira Cosmética Bahia acontece neste fim de semana, em Salvador

Aprovados no CNU passarão por curso de formação a distância

Google Maps